Crónicas do Futebol Juvenil

SENIORES B

  • Caldas SC 2 x 1 Alvaiázere
  • Marcadores dos golos: Cunha e Ivo Nabais

Equipa inicial: Hugo, Lopes, Gui, Rosário, Gesteiro, Camacho, Mário Junqueira, Creio, Cunha, Gonçalo, Ivo.
Jogaram ainda: Tomás Silva, Lourenço, Santos, Madeira, Júlio.

Vitória em jogo complicado

Jogo iniciou com ascendente da equipa do Caldas. O Alvaiázere apresentava algumas dificuldades em suster a forte pressão e ascendente dos jovens caldenses, no entanto este domínio não era traduzido em claras oportunidades de golo. A meio da 1ª parte o Alvaiázere começou a acertar as marcações e com isso a repartir mais o jogo. Aos 35`o Caldas sofre um revés, já que Lopes foi expulso após um desentendimento com um adversário. Até final da 1ª parte o jogo manteve o equilíbrio.

Na 2ª parte foi o Alvaiázere que entrou melhor e criou algumas situações de perigo junto da baliza do Caldas. Aos 55`chegou mesmo ao 0-1. O golo do adversário teve o “condão” de despertar a equipa do Caldas e a partir daqui só deu mesmo Caldas. As situações de perigo junto da área do Alvaiázere iam-se acumulando e a frescura e bom desempenho dos jogadores que entraram vindos do banco, foi com naturalidade que aos 79`por Cunha e aos 86`por Ivo, que o Caldas deu a cambalhota no marcador e fez assim justiça no resultado. Até final realce para mais duas situações em que o Caldas poderia ampliar a vantagem no marcador.

Em conclusão, vitória justa e merecida pela atitude e empenho demostrada pelos jovens Alvinegros, que jogando com menos um jogador desde os 35`e depois em desvantagem no marcador, nunca deixaram de acreditar.

JUNIORES SUB-19

  • Caldas SC 1 x 1 SG Sacavenense
  • Marcador do golo: Martim Martins

Equipa inicial: Etienne Vieira, Ricardo Alexandre, Martim Martins, Tomás Inácio, Guilherme Narciso, João Peralta, Daniel Fernandes, Miguel Costa, Aires Nanque, Duarte Almeida e Fábio Conceição.
Jogaram ainda: Tiago Machado, Diogo Veloso, Tomás Franco, Afonso Bianco e Paulo Júnior.

A equipa de sub-19 do Caldas recebeu o Sacavenense, num jogo em que o resultado final de 1-1 espelhou de forma correta o equilíbrio em campo ao longo dos 90 minutos. Os dois golos do jogo foram marcados apenas na segunda parte.

JUNIORES SUB-18

  • Caldas SC 1 x 2 UD Batalha

Equipa inicial:João Delgado, Simão Vala, Diogo Bernardino, Guilherme Torres, Pedro Bicho, Filipe Marçal, Diogo Cardoso, Martim Amaro, Rodrigo Mondim, Rodrigo Silva e Bernardo Alexandre.
Jogaram ainda: Martim Carriço, Tomás Ramalho, Rafael Júnior, Manuel Leal e Gonçalo Ramos.

Sabor amargo, em jogo ao alcance do Caldas.

O Caldas voltou a casa após algumas jornadas com deslocações a terrenos adversários e queria trazer também os 3 pontos, mas a tarefa já se adivinhava que não ia ser fácil.

Os primeiros dez minutos de jogo foram para as equipas se estudarem e tentarem perceber e ajustar quais as suas estratégias para vencer o jogo, não se tendo registado lances de perigo em nenhuma das balizas, apesar da equipa da Batalha ter estado mais instalada no meio campo do Caldas. Entretanto o Caldas ia ganhando terreno ainda que apenas aos 16 minutos consiga chegar com perigo à área adversária. Boa interceção de Bicho no meio campo, com a bola a sair rapidamente para o corredor direito para Amaro, que chuta, mas permite a defesa do GR.

O Caldas estava na sua melhor fase do jogo e dois minutos depois nova investida que colocava a equipa do Batalha em sentido. Bola de Pipo para Amaro que depois de uma jogada individual, remata por cima.
Mais dois minutos e nova jogada de ataque periogo do Caldas. Boa bola de Mondim para Amaro que combina de cabeça para Bernardo, mas este remata por cima. O Caldas estava mesmo no seu melhor momento do jogo e tudo fazia antever um golo da equipa da casa, mas quem não marca sofre e aos 28 minutos o ditado veio a comprovar-se. Lance aparentemente controlável pela equipa da casa após uma bola bombeada para área e falta de indecisão na disputa da bola entre o GR e a defesa levaram a que esta ressaltasse para a mão de um defesa do Caldas e o árbitro marca penalti.

O Caldas via-se em desvantagem contra a corrente do jogo e ainda tentou responder, mas até ao final da primeira parte não se registaram grandes momentos de perigo, à exceção do minuto 45 quando após uma arrancada de amaro o Caldas pede grande penalidade , mas a falta havia ocorrido fora desta. Na sequência do livre, existe nova falta, desta vez em posição frontal, mas Mondim manda a bola para a Mata.

Na segunda parte, o Batalha entrou a jogar com o resultado enquanto o Caldas ia tentando chegar à igualdade, mas foi o Batalha quem chegou ao golo primeiro, logo aos dez minutos. Livre ainda longe da baliza, batido de forma rasteira, que acaba por surpreender o guardião do Caldas. A ver-se a perder, o Caldas não baixou os braços e procurou sempre reduzir a vantagem e reentrar na discussão pelos 3 pontos. Do outro lado, encontrava uma equipa segura e que ia jogando com o relógio a seu favor, o que aumentava a ansiedade nos jogadores da casa. Com isto, só aos 65 minutos o Caldas cria um lance de perigo, através de um cruzamento/remate que acerta na barra. Com o aproximar do jogo e com os níveis de ansiedade mais elevados, o Caldas começou a querer mais e mais chegar ao golo, com os lances a tornarem-se mais duros no meio campo e sempre que possível o Batalha acaba por jogar com o relógio.

Aos 38 minutos, após uma entrada dura, Bicho fica amarelado e na sequência desse livre o Batalha cria o seu lance de maior perigo na segunda parte, mas pelo caminho encontra João que faz a sua melhor defesa da noite. Já nos 7 minutos de descontos concedidos pelo árbitro, o Caldas chega ao golo. Bola para Penas, que descobre Bernardo nas costas dos centrais e este só tem de finalizar. O Caldas acreditou e pressionou e os últimos minutos foram muito emotivos e com algumas ações de anti desportivismo por parte dos treinadores do Batalha, que chegaram a colocar bolas em campo para atrasar e quebrar o ritmo de jogo.

O Caldas não conseguiu o objetivo dos três pontos, mas adquiriu mais aprendizagem e valores que os permitirão crescer enquanto grupo e homens que são.
O próximo jogo será longe, na Pelariga, contra o primeiro classificado, mas o Caldas irá com a ambição de surpreender e trazer os pontos para a cidade Termal.

JUVENIS SUB-17

  • GD Pelariga 1 x 8 Caldas Sport Clube
  • Marcadores dos golos: Tomás Ferreira, Bernardo Carvalho (x2), Jaime Rafael, Diogo Pereira, Lourenço Vieira (LV), António Costa Pereira (Tó) e João Marques (Johnny)

Equipa inicial: Bernardo Pessoa, Martim Minez, Jaime Rafael, Mário Iurcu, Rodrigo Tempero, Lourenço Almeida, LV, Tomás Remígio, Bernardo Carvalho, Diogo Pereira, Tomás Ferreira.

Jogaram ainda: David Conchinha, Johnny, Henrique Sampaio, Francisco Calado e Tó.

Mais uma exibição com muitos golos

Comentário ao jogo: Os nossos Sub-17 continuam a sua corrida pelo campeonato, em mais um jogo onde foram totalmente dominantes.

Crónica do jogo: A equipa caldense entrou com o “pé no acelerador” como lhes foi pedido e desde o primeiro minuto que criaram perigo à equipa adversária, esta que tinha como única arma chutar a bola para a frente.

O primeiro golo foi marcado aos 7’ por Tomás Ferreira e depois desse primeiro abriram-se temporariamente os portões para o golo, sendo que aos 10’, 12’ e 14’ houve golos da equipa alvinegra, marcados por Bernardo Carvalho, Jaime e Diogo respetivamente, em lances que foram parecidos, onde a equipa explorou o jogo interior no início da criação da jogada, para depois explorar o jogo exterior através de passes e grandes dribles por parte dos jogadores dos corredores laterais, cruzando ou combinando com outros jogadores para estes quatro golos.

A equipa acabaria por sofrer um golo de penalti aos 16’, num lance de desconcentração por parte da equipa caldense, onde o guarda-redes alvinegro acabou por fazer falta dentro de área após mais uma tentativa do adversário de chutar bola para a frente. Este golo sofrido abalou um pouco o CSC, onde nos cinco minutos seguintes ao golo se notou alguma pouca qualidade na decisão, mas os jogadores foram acalmando-se e voltaram ao ritmo e qualidade de jogo que queriam.

Aos 28’, LV marca um golo fora de área, num remate que já ia à baliza, mas que sofreu um toque de um defesa, traindo o guarda-redes do GD Pelariga. Até ao intervalo não houve mais golos após este.

Realizando duas substituições ao intervalo, a missão era a mesma: ir à procura de mais golos através de um futebol ofensivo, bem jogado e dinâmico, nunca diminuindo a intensidade. Foram inúmeras as chances de golo, mas demorou algum tempo para encontrar os próximos. Até que chegaram através de Bernardo Carvalho, Tó e Johnny, este último que fechou a conta de golos marcados pelos alvinegros.

Com mais três pontos, a equipa acaba a 8ª jornada com 50 golos marcados e 3 sofridos.

INICIADOS SUB-14 (1)

  • Caldas SC 0 x 2 SL Marinha

Equipa inicial: Rodrigo Corte Real, Tomás Cunha, José Pedro Marcos, Francisco Pedrosa, Miguel Veludo, Duarte Ferreira, Tomás Albuquerque, Tomás Miguel, Vicente Riachos, Miguel Ferreira e Tiago Tempero.

Jogaram ainda: David Oliveira, Salvador Sousa, Miguel Capinha, Carlos Neves e Miguel Pires.

Incapacidade de neutralizar as armas do adversário, onde o aspeto físico foi determinante.

Comentário ao jogo: Os nossos Sub-14 (1) continuam o seu percurso no seu campeonato com um jogo em que foi difícil jogar-se um bom futebol.

Crónica do jogo: A equipa caldense entrou bem no jogo, fazendo uns ótimos primeiros 10 minutos do encontro. No entanto, após a equipa adversária alterar a sua forma de defender o processo ofensivo alvinegro, o jogo complicou-se.

Num jogo onde o aspeto físico e o futebol pouco bonito e pouco jogado foram aproveitados pelo adversário, a equipa caldense foi incapaz de produzir o futebol bem jogado que tem mostrado. Aos 16’ e 66’ sofrem dois golos muito parecidos, dois remates de fora de área de um jogador com grande capacidade de remate e que era o que os técnicos adversários queriam apostar e que nesses dois lances deu resultado, pois em lances anteriores parecidos a equipa alvinegra conseguiu defender estas situações com sucesso.

No fim sente-se um desgosto de uma derrota pela equipa da casa, mas também um desgosto pelo futebol de formação que neste jogo não foi bem representado tendo em conta o futebol jogado por uma das equipas. Com zero pontos ganhos, a equipa acaba a 8ª jornada com 18 golos marcados e 8 sofridos.

INICIADOS SUB-14 (2)

  • Caldas SC 0 x 3 GD Atouguiense

Equipa inicial: Francisco Vaz. Duarte Roque, Simão Neves, Martim Domingos. Gonçalo Costa, Ruben Brito. Miguel Dionisio, Afonso Canas, Manuel Martins. Ido Hirsh, Rafael Serafim.

Jogaram ainda: Simão Brito, João Duro, Cházinho, Rafael Bernardino, Gustavo Duarte, Dinis Martins, Duarte Santos.

Derrota justa!

Jornada 6 do Campeonato Distrital da 1ª Divisão com a equipa do Caldas a receber o GD Atouguiense, líder do campeonato até ao momento.

A partida iniciou-se com uma entrada forte da equipa da casa, com boa circulação de bola, boas triangulações e com vontade de chegar mais a frente no campo, mas que aos poucos foi perdendo essa superioridade relativa das incidências do jogo, muito por culpa da boa qualidade individual e coletiva da equipa visitante e também por alguns erros técnicos da nossa parte. A equipa do Atouguiense acaba por chegar a vantagem no marcador numa ressaca de uma bola parada, em que deixa algumas dúvidas se existe falta sobre o nosso guarda-redes na disputa de bola, que antecede o remate em que origina o golo. O jogo prossegue sem que a equipa do Caldas conseguisse colocar em prática o seu estilo de jogo, nem o aspeto físico que estava a nosso favor e os visitantes acabaram por aumentar a vantagem no marcador para 2-0 e colocar assim o resultado ao intervalo da partida.

Na segunda parte foram feitos alguns ajustes e uma chamada de atenção para aquilo que estávamos a fazer menos bem e houve uma ligeira alteração na abordagem ao jogo da turma alvinegra, mas que mesmo assim não foi suficiente para alterar o marcador num resultado favorável a nosso favor, finalizando o jogo com uns inequívocos 3-0 a favor da equipa visitante.

Mais um passo na nossa caminhada e na evolução destes atletas.

Outras notícias

Subscreva a nossa newsletter

Receba todas as noticias do clube no seu email